Bancada Slim tendência ou necessidade ?

Assim como todos os outros acabamentos, o objetivo dessa prática é agregar valor e beleza de uma forma criativa para os ambientes. Só que ao contrário do que alguns imaginam o acabamento slim não é uma inovação no mercado. Na verdade, ele é uma releitura do acabamento reto de 2 com um trabalho um pouco mais refinado e sofisticado.

Dono de uma aparência totalmente clean e limpa de engrossos ous guarnições, esse acabamento é o sono de consumo dos amantes de projetos que possuem padrão visual mais leve. Mas, como é um acabamento bem diferente, pode acabar gerando algumas indecisões na hora de especificar o seu projeto.


O slim não tem emendas ou engrossos. Por isso, ele consegue ser perfeito para ambientes que precisam de um toque clean, que literalmente equilibra o visual, sem perder a característica principal das pedras, que é dar aquele ar de sofisticação e elegância.


Como o padrão slim tem uma quantidade menor de material, ele acaba tornando a sua bancada um pouco mais leve. Sem contar que a instalação também é muito mais rápida e prática. Esse é um fator que sempre deve ser levado em conta da hora de reformar uma casa antiga, pois quanto menos peso tiver que ser suportado pela estrutura melhor.


O acabamento slim exige uma quantidade muito menor de material quando comparado a outros tipos de acabamento. Sem contar que diversos processos obrigatórios em outros tipos de acabamento não são necessários aqui (já que ele não exige colagens ou cortes, que em algumas situações precisam de retoques e acertos finais na obra). E a regra é clara, menos material e menos processos é igual a uma opção mais econômica ou uma solução inteligente para orçamentos que precisam ter valores mais baixos e/ou enxutos.