Saiba como escolher e combinar granitos com as demais pedras ornamentais

Se você já sabe qual o tipo de granito vai se encaixar melhor na sua construção e/ou  reforma, como escolher  e combinar cores, imprimindo seu estilo e personalidade no ambiente?


A primeira pergunta que você deve se fazer é: O que quero transmitir às pessoas que irão frequentar esse ambiente?


Apesar do preço não ser mais um problema (alguns porcelanatos chegam a ser mais caros do que alguns mármores), a durabilidade das pedras ornamentais nos incentiva a evitar modismos. Seguindo então os padrões tradicionais de cores, sabemos que:


– Cores quentes e terrosas como vermelho, laranja, amarelo marrom e bege nos remetem à aconchego e estabilidade, além de serem conhecidos estimulantes do apetite. Logo essas cores costumam ser utilizadas em mármores e granitos aplicados à salas de estar, salas de jantar, cozinhas, salões de restaurantes sempre fazendo um contraponto com móveis mais claros para evitar que o ambiente fique muito pesado.


– O branco passa uma mensagem de higiene e pureza, além de clarear ambientes reduzidos ou com pouca iluminação. O mármore ou granito em tons claros (branco, bege) pode ser utilizado em halls de entrada, corredores, cozinhas, lavanderias e banheiros.


– Cores frias como verde, azul e violeta são utilizadas em ambientes de relaxamento como quartos, hospitais, consultórios e banheiros, por suas propriedades calmantes. O verde é especialmente recomendado para bibliotecas pois estimulam o raciocínio e a atenção. Azuis afastam insetos.


– Cores primárias como o azul, o amarelo e o vermelho são vibrantes e alegres e podem ser utilizados em quartos infantis, creches e escolas primárias.

–Preto: granitos e mármores nessa cor são recomendados para grandes ambientes, desde que os móveis sejam de cores mais claras.